top of page

Show, perigo e caos

Atualizado: 24 de abr. de 2022

Corrida de Jeddah, tem confusão, punições e campeonato empatado.

Thiago Paim - Dezembro de 2021

 

A melhor temporada em anos da Fórmula 1 não poderia nos reservar uma disputa mais intensa que a apresentada no Grande Prêmio da Arábia Saudita. A pista desconhecida, finalizada um dia antes do treino livre da sexta-feira (3), foi o grande destaque do fim de semana.

O circuito de curvas de alta velocidade, proporciona um verdadeiro show de entretenimento aos fã, a loucura das sequências de curvas desafiadoras, que beira a irresponsabilidade com os pilotos, somada a uma disputa nada amistosa entre Hamilton e Verstappen, tornou a corrida deste domingo, (5) com toda certeza uma das mais disputadas da História.

O início foi do jeito que a Mercedes sonhou, Hamilton manteve a liderança, enquanto seu companheiro de equipe Bottas, conseguiu segurar o ímpeto do holandês Max Verstappen, que por sua vez não apresentava um grande rendimento.

A corrida teve uma grande sequência de interrupções, duas bandeiras vermelhas, a primeira ainda na décima volta, quando Mick Schumacher, encontrou a barreira de proteção gerando inicialmente um Safety Car e posteriormente ocasionado a primeira bandeira vermelha, para reparar a proteção. Com os carros recolhidos nos boxes a estratégia da RBR (Red Bull Racing) de manter Max na pista durante a entrada do carro de segurança surtiu efeito, o holandês tomou a liderança.


Reprodução: https://www.grandepremio.com.br/f1/noticias/mick-schumacher-arrebenta-haas-muro-curva-22-forca-bandeira-vermelha-arabia/

Relargada


O que se viu a seguir é uma sucessão de acontecimentos e muitas paralisações, Max larga mal, espreme Hamilton para não perder a posição e é obrigado a devolver a posição, mas Esteban Ocon se aproveita da situação e ultrapassa o inglês. A confusão se torna ainda maior pois enquanto tudo isso acontece nas primeiras posições Perez é "sanduichado" atrás, gira na pista e mais acidentes acontecem, e novamente a bandeira vermelha é acionada.

Reprodução: Twitter Oficial/@F1

Terceira largada


O holandês, brilha e sai da terceira posição para novamente ser líder, deixando Ocon e Hamilton para trás, com uma estratégia de pneus diferentes, Max com seus pneus macios levou vantagem até a volta 36, quando em uma tentativa de ultrapassagem do inglês, exagerou na defesa, e foi obrigado a devolver a posição por não respeitar os limites da pista.


Reprodução: Twitter Oficial/@F1

O que se viu a seguir foi uma das situações mais inusitadas e polêmicas da F1, ao tentar devolver a posição o piloto da RBR diminuiu a velocidade na reta, porém aparentemente o inglês não entendeu e acabou batendo na traseira do carro e a loucura em Jeddah foi ao ápice, Verstappen continuou a frente enquanto Hamilton teve sua asa dianteira danificada, após uma guerra nos bastidores entre as equipes e a direção de prova, o holandês foi punido por não ceder a posição, mesmo tentando devolver.


Reprodução: Twitter Oficial/@F1

Finalmente com as decisões e punições aplicadas, Hamilton cruzou a linha de chegada na liderança empatando o campeonato de pilotos com Verstappen e a decisão do campeonato fica para a última etapa de Yas Marina, no grande prêmio de Abu Dhabi.

15 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page