top of page

Marcos "Moqueca" - Uma história sobre superar barreiras dentro e fora do esporte

Vitória na estreia, um dos destaques da equipe e... choro pós jogo? Uma história de superação e coragem de Marcos Vinicius, ou como é conhecido, "Moqueca".

Rafael Abbehusen - 8 de maio de 2022

 

Rafael Abbehusen (UNI.CJOR) - Pós Jogo Ed.Física X ENG.Cívil

A Liga UNI, maior campeonato universitário do nordeste, teve sua rodada de estreia no domingo (1/5). Disputado no ginásio de São Marcos, o evento contou com três jogos e um WO.


Na matéria de hoje, o jogo em si não é o foco. Mas, a história de Marcos "Moqueca" Vinicius, atleta de basquete da Tenebrosa, Educação Física da UNIFACS.

Rafael Abbehusen (UNI.CJOR) - Eng. UFBA x Ed.F. Facs - Liga UNI

Toda história com um final feliz tem um começo triste, e a tristeza de Moqueca veio ainda em outubro de 2020, quando voltava a praticar esportes, depois de parar por conta da pandemia do COVID-19. Em um jogo com amigos, uma lesão muscular, no "tendão de Aquiles" do tornozelo esquerdo tirava Marcos de quadra.


IDENTIFICANDO A LESÃO

Estudante de educação física, Moqueca identificou a lesão no tecido na mesma hora e correu pra emergência mais próxima, procurando por atendimento. O primeiro médico que o atendeu, em Pau Miúdo além de, segundo o jogador, ter "dificultado" no processo de triagem, encaminhou Moqueca para um raio-x, exame que identifica lesões no osso.


Ao receber o resultado com a confirmação de que não era uma lesão óssea, Moqueca teve que se transferir para outra unidade médica, já que ali, lhe informaram que não poderia ser atendido, mesmo depois de todo tempo perdido.


Já no segundo local de atendimento, em São Cristóvão, a médica atendente conseguiu auxiliar Moqueca até onde pode e o enviou para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde finalmente foi devidamente atendido e internado para marcação da cirurgia que teria de fazer. Quatro dias após a lesão, sua cirurgia aconteceu e o processo pós-cirúrgico começou.

"Chorei muito, pensei que nunca mais voltaria a jogar..." - Lamentou Marcos "Moqueca" Vinicius
Rafael Abbehusen (UNI.CJOR) - Moqueca, atleta da Tenebrosa, Ed. Fís. da UNIFACS

O pós-cirúrgico longo foi difícil, mas quase um ano e meio depois, Moqueca finalmente voltou a jogar. No meio do caminho, além do período de volta aos treinos e readaptação, a fisioterapia também foi fundamental para o processo.


A HORA DE VOLTAR AS QUADRAS

Domingo (1/5), 100% recuperado, o camisa 15 jogou sua primeira partida oficial, desde a lesão. Mesmo dizendo, "que ainda tem muito a evoluir", jogou com muita intensidade e foi um dos destaques da rodada.


Causando pesadelos nos defensores, Moqueca foi um dos responsáveis pela vitória da "tenebrosa" por 40 a 19 contra a Civil UFBA.


Confira um trecho da entrevista pós-jogo de moqueca:


175 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page