top of page

Estudantes da UCSAL são aprovados para residência em um dos maiores hospitais da Bahia

Atualizado: 6 de mai. de 2022

Conheça a história e trajetória de Mateus e Camila, formandos da UCSAL e aprovados para a residência hospitalar do Hospital Geral Roberto Santos.

Mateus Xavier - 02 de Fevereiro de 2022

 

Mateus Brito Carvalho e Camila Keite Rodrigues, ambos jovens de 24 anos e formandos na UCSAL, foram aprovados na residência em fisioterapia no HGRS (Hospital Geral Roberto Santos) um dos mais importantes hospitais da Bahia.

"Um ambiente que não me viu como número, eu encontrei um espaço que se preocupou com minha formação, não pareceu uma empresa, mas sim, uma família." - Camila Keite - quando perguntada sobre sua chegada na UCSAL no 3º semestre.
 

Reprodução: Arquivo pessoal

Mateus Carvalho, foi aprovado em primeiro lugar e contou a nossa equipe que se preparou para a prova com oito meses de antecedência, estudou sozinho para a avaliação de cinquenta questões e destacou que, "Criar uma organização de estudos, seguir um cronograma de conteúdos e estudar de 6 a 7 horas por dia e com muito foco em revisão e resolução de questões..." foram pontos indispensáveis para sua aprovação. Mateus ainda alertou o cuidado com o tempo, a prova contava com quatro horas de duração e o estudante disse que se sentiu preparado, pois treinou em casa a resolução das questões com o cronômetro do lado.


Para Mateus, o que definiu sua primeira colocação foi a prova de títulos, a avaliação da Sabesb contou com uma divisão em duas fases, a primeira, uma prova de cinquenta questões e a segunda, uma adição de pontos mediante barômetro.

Esse barômetro se baseia nas atividades extraclasse praticadas pelo estudante ao longo de sua formação, sobre essa segunda etapa, Mateus nos relatou, "... A UCSAL abre portas, consegui o 1º lugar devido a vastidão de títulos que ela me proporcionou ... grupos de pesquisa, ligas acadêmicas e projetos de extensão".

Somado a isso, o primeiro colocado destacou o papel de seus professores enquanto estudante da instituição, "A base da minha formação foi a UCSAL ... com professores qualificados, e o mais importante, que sabiam ensinar, eles tem a qualificação de transferir o conhecimento que detêm.". Mateus ainda reservou um tempo de sua fala para agradecer a Deus, a sua família, amigos e seus irmãos, peças fundamentais que ajudaram e o motivaram nos seus estudos.

"Leve a sério desde o início, ser focado, você já é profissional desde o primeiro semestre, aproveite tudo que a UCSAL tem a oferecer, seja um universitário ativo e focado" - Mateus Carvalho - Mensagem para quem desejam ingressar em uma residência futuramente.
 

Reprodução: Arquivo pessoal

Camila Keite, tendo ficado em quinto lugar na primeira chamada, que aprovou apenas quatro participantes, Camila entrou para a residência como a primeira colocada da reserva técnica.

Keite é um caso perfeito de uma aluna dedicada dentro de uma universidade que dá oportunidades para o estudante brilhar, tendo formado em Dezembro de 2021 a estudante fez a prova em Janeiro com menos de um mês de formada.

Questionada sobre o fato, ela explicou, "A prova leva em conta conhecimentos para a área pleiteada, conhecimentos gerais da graduação e conhecimentos sobre saúde pública. Adquiri tudo isso ao longo da minha formação na UCSAL. Vou ser sincera, não sentei para estudar de fato, a não ser nos últimos dias que antecederam a prova, adquiri os conhecimentos que utilizei para passar nas Ligas universitárias, fazendo monitoria, projetos de extensão e pesquisa, além das palestrar e eventos que a universidade proporciona."


Participar de tantas atividades não só auxiliaram nos seus conhecimentos, mas também em sua nota, Keite afirmou que a segunda etapa da prova, a prova de títulos, foi o diferencial para concretizar sua aprovação, foi lá onde garantiu seu destaque para os demais concorrentes. Para finalizar, Keite falou um pouco sobre a UCSAL, "se pudesse voltar no tempo não teria feito diferente, mudei de instituição e cheguei a UCSAL no 3º semestre, um ambiente que não me viu como número, eu encontrei um espaço que se preocupou com minha formação, não pareceu uma empresa, mas sim, uma família".






18 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page