top of page

Até a ultima gota de suor. Verstappen vence em Yas Marina

Atualizado: 24 de abr. de 2022

Verstappen supera Hamilton na ultima volta e conquista primeiro título mundial.

Thiago Paim - 12 de Dezembro de 2021

 

Reprodução: Twitter Oficial/@F1

A melhor temporada da Fórmula 1 não poderia apresentar um final tão espetacular como o que acompanhamos em Abu Dhabi, mas os deuses do automobilismo proporcionaram aos fãs da velocidade uma verdadeira montanha russa de sensações, digna de Oscar.


O cenário apresentado para o circuito de Yas Marina era bem simples: quem marcasse mais pontos entre Lewis Hamilton e Max Verstappen seria o campeão, na hipótese dos dois pilotos não terminarem a corrida ou não chegarem na zona de pontuação o título seria de Max nos critérios de desempate.

Verstappen largou em primeiro, estava com o composto mais macio do final de semana, o que representava maior aderência e uma possível vantagem no início, o que poderia ser positivo, se transformou em pesadelo logo na largada, Hamilton tem uma reação melhor, com mais ação desbancou o holandês e assumiu a liderança.

Reprodução: Twitter Oficial/@F1

Com um carro mais rápido e com uma estratégia de pneus mais consistentes a vida do inglês poderia se resumir a guiar seu carro até o final, já que o adversário não tinha ritmo para acompanhar. Com uma grande vantagem a ser administrada o maior problema até então era Perez, companheiro de equipe de Verstappen, o piloto mexicano permaneceu na pista enquanto os concorrentes ao titulo foram para os box, persistiu com pneus desgastados até que fosse alcançado por Hamilton, a missão era clara fazer o piloto inglês perder tempo até que seu colega se aproximasse, esse com certeza foi um dos momentos mais incríveis da corrida, a tentativa foi valida permitindo que a diferença diminuísse cinco segundos.


Pérez e Hamilton disputando posição
Reprodução: Twitter Oficial/@F1

Depois de se livrar de Sergio Pérez, a pista estava novamente livre e a vitória parecia certa, as tentativas da Red Bull não funcionavam e o oitavo título estava próximo.

Mas como nem tudo são flores, um bom filme sempre apresenta grandes reviravoltas, enquanto todos os colunistas do mundo descreviam mais uma conquista do Maior piloto da história da F1, os deuses prepararam o "plot twist".

Em uma verdadeira briga aleatória entres os últimos colocados, Latifi piloto da Williams bateu causando uma bandeira amarela e um safety-car, a RBR(RedbullRacing) que até então tentava de tudo chamou rapidamente Verstappen para os boxes, trocou os pneus do holandês enquanto a Mercedes manteve Hamilton na pista, tudo isso aconteceu a cinco voltas para o final.

Reprodução: Twitter Oficial/@F1

A relargada acontece na última volta, Hamilton com pneus extremamente desgastados enquanto Max Verstappen com compostos quase perfeitos, e uma das maiores viradas da história aconteceu, simplesmente Max parte com tudo e ultrapassa Lewis a poucas curvas da vitória, consegue se defender e conquista seu primeiro título mundial da carreira.


Reprodução: Twitter Oficial/@F1


Logo depois da corrida a Mercedes entrou com uma representação questionando a conduta da direção de prova com relação ao safety-car e com relação a uma possível ultrapassagem de Max antes da saída do carro de segurança, a FIA negou qualquer punição ao piloto da Red Bull, enquanto isso a equipe alemã pretende recorrer da decisão.

11 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page